Black Friday Vendas

Black Friday marketing: 13 dicas para vender mais em 2020

Black Friday

black friday, Black Friday marketing: 13 dicas para vender mais em 2020, SmartSeller

Se você já tem uma loja virtual, é hora de começar a se preparar para uma das datas mais movimentadas do ano: a Black Friday (ou seria Black Week?). Já sabe quais são as melhores estratégias para divulgar e vender os seus produtos? Não? Então continue lendo este artigo sobre Black Friday marketing e descubra!

A Black Friday é a oportunidade perfeita para lojistas que estão buscando como vender mais e como ganhar dinheiro na internet: afinal, a data é conhecida por grandes promoções e ofertas nos mais diversos nichos e setores, e de alguns anos para cá se tornou um evento de compras bem importante no Brasil.

Aliás, a data já é tão popular aqui no Brasil que deixou de representar um único dia. Atualmente, é possível trabalhar com a ideia de uma Black Week, ou seja: uma semana inteira voltada para a temática da Black Friday, com descontos e promoções que se estendem desde o início da semana, atingem um ponto máximo na sexta da Black Friday e se encerram na Cyber Monday, outra data que costuma ser anunciada conjuntamente.

E a gente, claro, quer ajudar você – é, você, lojista do dropshipping nacional e/ou internacional – a otimizar as suas estratégias focadas em Black Friday marketing!

Foi pensando nisso que compilamos 13 dicas, sugestões e ideias para Black Friday marketing que podem te ajudar a gerar mais tráfego, aumentar o número de vendas e, claro, engordar o faturamento da sua loja. Descubra milhares de produtos para começar a vender online. Sem compromisso nem cartão de crédito. Tenha SmartSeller agora. É de graça.

Tópicos [exibir]

O que é a Black Friday?

As origens da Black Friday, como o próprio nome indica, vêm da língua inglesa – e, mais especificamente, dos Estados Unidos.

Tradicionalmente, a Black Friday é a sexta seguinte ao Dia de Ação de Graças, um feriado de extrema importância no país – e, como acontece na última sexta-feira de novembro, é também a largada para a temporada de compras do fim de ano.

Conforme os anos foram se passando, a Black Friday foi se adaptando para deixar de ser apenas uma data na qual as lojas vendiam produtos a preços muito baixos. A primeira mudança veio com a criação da Cyber Monday, que alongou o feriado em quatro dias (sexta, sábado, domingo e segunda).

O “cyber” do nome era uma forma de levar a data para o mundo online, já que por décadas a Black Friday acontecia apenas nas lojas físicas.

Hoje, no entanto, a semana Black Friday já começa alguns dias antes da tão aguardada sexta, com lojistas anunciando produtos e promoções exclusivas via e-mail, redes sociais e outros canais. Ou seja, as ações de Black Friday marketing não começam em uma data exata, mas sim durante os dias que antecedem o lançamento do evento.

Quando é Black Friday?

Em 2020, a Black Friday vai acontecer no dia 27 de novembro.

Mas, como mencionamos ali em cima, hoje já é possível começar a pensar numa espécie de semana Black Friday, ou Black Week, que começa na segunda anterior e só se encerra na Cyber Monday:

black friday, Black Friday marketing: 13 dicas para vender mais em 2020, SmartSeller

Por que investir numa estratégia de Black Friday marketing?

No final de 2019, a Ebit|Nielsen fez um levantamento do impacto que a Black Friday teve no mercado brasileiro. Os números são de cair o queixo:

  • O e-commerce brasileiro faturou cerca de R$ 3,2 bilhões;
  • 55% das compras foram realizadas via dispositivos móveis;
  • 418 mil brasileiros aproveitaram a data para realizar suas primeiras compras via internet;
  • 64% dos pedidos realizados vieram da região Sudeste.

Apesar da pandemia do coronavírus, há motivos de sobra para acreditar que os números de 2020 ano também sejam bem produtivos: além do fato de que muita gente continua em casa e, portanto, continua consumindo muito conteúdo online, não podemos esquecer do fato de que o número de compras online vem crescendo exponencialmente no Brasil.

Black Friday marketing: 13 ideias para anunciar seus produtos online

1. Descontos na loja toda e/ou descontos por tempo limitado

A primeira estratégia de Black Friday marketing da nossa lista é a mais comumente utilizada na Black Week: oferecer um desconto geral na loja toda, ou então oferecer descontos variados por tempo limitado.

Esse modelo de ofertas é ideal para lojas que já apresentam um bom tráfego, mas também pode trazer resultados positivos para marcas que anunciam e vendem muitos produtos: além de incentivar um movimento maior no tráfego, esse tipo de oferta pode fazer com que visitantes e clientes que geralmente acessariam o site uma única vez continuem voltando, na expectativa de encontrar novas ofertas.

black friday, Black Friday marketing: 13 dicas para vender mais em 2020, SmartSeller
Página inicial da Caíques, que oferece um desconto único para produtos selecionados.

Dicas para implementar e anunciar essa estratégia de Black Friday marketing: não tenha medo de combinar diferentes produtos e estabelecer mais de uma promoção no site da loja. Quanto maior o número de opções, maior será o tempo de navegação do cliente e, provavelmente, maior o valor que será gasto na loja.

Para implementar uma estratégia de Black Friday marketing no site da sua loja Shopify, recomendamos o uso de apps como o Bold Discounts, que permite o agendamento e a publicação automática de promoções.

E, para anunciar essas promoções, nada melhor do que agendar um post para cada promoção nas redes sociais. Crie posts que possam ser compartilhados de maneira uniforme e consistente no Instagram, no Facebook e em qualquer outra plataforma utilizada – e, se possível, já deixe tudo programado para publicação, pois o dia da Black Friday Brasil vai ser um dia especialmente corrido para lojistas como você.

2. Ideias para Black Friday marketing: guias de presente com ideias de produto

Os guias de presente são mecanismos excelentes para a geração de leads durante a temporada de compras do fim de ano, pois podem ajudar a trazer novos consumidores para a loja – especialmente aqueles que estão buscando ideias de presente para amigos e familiares.

Há duas formas de criar um guia de presentes: criar uma coleção de produtos ou então criar um post no blog da loja (se você ainda não sabe como criar um blog, agora é a hora de colocar a mão na massa!):

  • Para criar uma coleção de produtos na Shopify, a primeira coisa a fazer é criar uma tag de produto com o nome da coleção. Depois disso, você vai precisar acessar todas as páginas de produto dos itens que você deseja incluir na coleção para adicionar a tag.
  • Criar um blog na sua loja da Shopify pode dar um pouquinho mais de trabalho, mas é uma estratégia que fará maravilhas pelo SEO da loja. Na hora de criar o post em questão, tente trabalhar com o formato de lista – como este da imagem abaixo, criado pela Insecta Shoes. Também vale a pena dar uma olhada na concorrência e ver se eles já fizeram esse tipo de guia.
black friday, Black Friday marketing: 13 dicas para vender mais em 2020, SmartSeller
Post no blog da Insecta Shoes.

Dicas para implementar e anunciar essa estratégia de Black Friday marketing: para conseguir um bom resultado durante a Black Friday Brasil, anuncie e compartilhe o seu guia de presentes na página inicial da loja e em outros espaços de alta visibilidade: cabeçalho do site, banner, páginas de produto relacionadas e por aí vai.

Outra opção é compartilhar o guia via newsletter com seus clientes já cadastrados, ou então oferecê-lo como brinde para novos clientes (em troca, você pode pedir que eles se cadastrem no site).

Se você construir o guia no formato de um post de blog, vale a pena compartilhá-lo nas redes sociais e até mesmo promovê-lo como anúncio pago via Facebook Ads nos dias que antecedem a Black Week.

3. Black Friday marketing: brindes exclusivos a cada compra

Oferecer um brinde ou bônus a cada compra é uma excelente maneira de incentivar novas compras durante a Black Friday Brasil – e, se você usa o nosso app do SmartSeller para selecionar produtos, melhor ainda: como existem dezenas de produtos vendidos a um preço muito baixo no app, você pode colocá-los como brindes sem precisar sacrificar o caixa da loja.

Vale lembrar ainda que essa estratégia de Black Friday marketing costuma funcionar muito bem quando combinada com uma oferta de frete gratuito, então vale a pena fazer as contas e ver se isso funciona para a sua loja.

black friday, Black Friday marketing: 13 dicas para vender mais em 2020, SmartSeller
Loja da Biossance, que oferece um brinde a cada compra (e frete grátis a partir de um determinado valor).

Dicas para implementar e anunciar essa estratégia de Black Friday marketing: é essencial que seus clientes e visitantes vejam essas informações no site da loja, então vale a pena investir em banners e avisos nas páginas de produto e na homepage. Apps como o Happy Header Bar e o Announcement podem ser bem úteis durante o processo de criação e configuração desses elementos.

Além disso, lembre-se de que o ideal é oferecer brindes que tenham alguma relação com o produto anunciado. Se você tem uma loja para revender roupas e trabalha com moda feminina, por exemplo, vale a pena pensar em brindes como brincos, colares e aneis; se a sua loja vende itens de decoração, uma xícara seria um bom brinde pensando em Black Friday marketing.

4. Ofertas com duração prolongada: da Black Week até a Cyber Monday

Agora que você já sabe que a Black Friday Brasil não precisa ficar restrita à data Black Friday e pode ser prolongada para uma semana inteira, por que não aproveitar para criar uma estratégia de Black Friday marketing prolongada?

Você pode começar uma promoção do tipo “Black Friday chegou mais cedo por aqui”, anunciando nas redes sociais e via e-mail marketing algumas promoções exclusivas.

É um pouco como queimar a largada da corrida – mas é, também, uma maneira de garantir vendas, porque querer competir apenas na sexta-feira da Black Friday é uma loucura: com tantas opções disponíveis, os clientes acabam ficando confusos e raramente escolhem comprar das lojas de pequeno e médio porte.

O princípio por trás dessa estratégia de Black Friday marketing, na verdade, é bem simples: quanto mais longa for a duração da sua promoção, maior será o número de clientes que serão potencialmente atraídos até a loja. Além disso, uma campanha prolongada pode ajudar a expandir o alcance orgânico e a popularidade da marca, uma vez que o tempo de exposição na internet será maior.

5. Black Friday marketing: lista de e-mails

O e-mail marketing é um dos canais mais poderosos para atrair clientes, gerar tráfego e conquistar mais vendas, até porque você consegue falar com seu público-alvo diretamente – e deixar uma mensagem exclusiva na caixa de entrada de cada pessoa que se cadastrou na loja.

Uma estratégia de Black Friday marketing por e-mail pode funcionar de duas formas diferentes:

  • Mensagens direcionadas a clientes já fidelizados. Entre em contato com os clientes fidelizados da loja (ou seja, aqueles que já realizaram ao menos uma compra) e compartilhe um código de desconto VIP para ser usado durante a Black Friday Brasil. Como eles já conhecem a marca, as chances de que realizem uma nova compra é bem alta.

Se a sua loja estiver hospedada na Shopify, você pode criar um cartão-presente para clientes fidelizados. Basta acessar Admin > Produtos > Cartões-presente:

black friday, Black Friday marketing: 13 dicas para vender mais em 2020, SmartSeller
  • Mensagens direcionadas aos leads. Enviar um e-mail promocional para leads pode ser um pouco mais intimidador, mas não é nenhuma missão impossível. Nesse caso, a estratégia deve ser trabalhar com uma mensagem mais genérica: liste algumas promoções que estão acontecendo na loja e não se esqueça de colocar botões de CTA que redirecionem direto para a página de produto, para simplificar a jornada de compra. Cuidado na hora de formular o assunto da mensagem: se tiver um tom muito “promocional” ou artificial, seu e-mail pode acabar no spam.

6. Black Friday marketing: novos produtos na loja

Dizem que os seres humanos são curiosos por natureza, então por que não aproveitar para instigar esse traço do seu público-alvo e anunciar, durante a Black Week e no dia da Black Friday, novos produtos na loja? Além de deixar todo mundo com vontade de comprar, é uma estratégia de Black Friday marketing excelente para aumentar o tráfego da loja.

black friday, Black Friday marketing: 13 dicas para vender mais em 2020, SmartSeller
Página de produto do app do SmartSeller.

Existem duas formas diferentes de implementar essa estratégia de Black Friday marketing:

  • A primeira delas envolve adicionar cinco, dez ou mais produtos novos alguns dias antes da semana Black Friday começar, para garantir que os clientes já fidelizados possam navegar pelo site e descobrir os lançamentos.
  • A segunda estratégia de Black Friday marketing é adicionar produtos que só ficarão disponíveis para venda durante a Black Week, para garantir um número alto de acessos no site e potencializar o número total de vendas. Para tornar a situação ainda mais envolvente, vale a pena inserir um relógio com contagem regressiva, como o do Sales Countdown Timer Bar, e uma tag com algo como “Exclusividade Black Friday”.

7. Vender na Black Friday Brasil: ofertas em primeira mão (“sneak peek”)

Outra estratégia de Black Friday marketing é anunciar os produtos que estarão em promoção por meio de um “sneak peek” nas semanas e dias anteriores, como uma forma de aumentar a expectativa e o engajamento nas redes sociais.

O ideal é trabalhar com conteúdos interativos, como vídeos, gifs e Stories do Instagram – então vale a pena já procurar um bom editor de vídeo e um app para Stories para te ajudar nesse processo.

Se você está pensando em concentrar sua estratégia no Instagram, considere a possibilidade de fazer uma live Instagram antes da Black Friday.

8. Estratégia para a Black Friday: hashtags exclusivas

Se o Instagram é um dos seus principais canais de vendas, recomendamos que você tente aproveitar ao máximo os recursos da plataforma durante a Black Friday Brasil. Nesse caso, vale a pena marcar os seus posts e Stories com hashtags Instagram genéricas e amplamente utilizadas, como #blackfriday, #promoblackfriday, #blackfridaybrasil e #cybermonday.

Atenção: o uso de hashtags genéricas costuma funcionar um pouco melhor para lojas e marcas que trabalham com nichos mais amplos e tradicionais: moda, decoração, eletrônicos…

Se você trabalha com produtos de nicho, essas hashtags não terão um impacto tão grande – até porque consumidores que buscam produtos muito específicos dificilmente utilizam uma hashtag de amplo alcance para encontrar um item. Nesse caso, se você quer ganhar dinheiro no Instagram, pode ser uma boa ideia criar hashtags próprias para a sua marca e fortalecer o uso delas nos materiais promocionais colocados nas redes sociais. Pois é, o Black Friday marketing pode ser realizado de diversas formas!

9. Anunciar (ainda mais) na Black Friday Brasil

Aqueles quatro dias que começam com a sexta-feira da Black Friday e terminam na segunda-feira da Cyber Monday não são apenas os dias de maior movimento por parte dos clientes: são também os dias em que as lojas e marcas dobram seus esforços de Black Friday marketing e publicidade para garantir um número maior de vendas.

A lógica é simples, em teoria: quanto maior os investimentos em Black Friday marketing e publicidade, maiores as chances de que os clientes comprem na sua loja. E, quanto maior o número de compras, mais fácil vai ser recuperar aquele investimento inicial em publicidade.

black friday, Black Friday marketing: 13 dicas para vender mais em 2020, SmartSeller

Dicas para implementar e anunciar essa estratégia de Black Friday marketing: se você já trabalha com anúncios pagos no Facebook, considere aumentar o gasto diário logo no início da Black Week ou até mesmo antes. Dessa forma, a plataforma terá tempo de sobra para otimizar os anúncios corretamente e garantir novas conversões.

Também é importante lembrar que seus anúncios devem estar devidamente customizados para a Black Friday Brasil; se você não anunciar as promoções boladas para a data e nem os produtos que quer vender durante a semana, as chances de que seus consumidores e leads realizem compras fica lá embaixo.

Vender na Black Friday, afinal, é uma questão de apresentar a oferta certa, com o preço certo, na hora certa – e no local certo.

10. Black Friday marketing: calendário de vendas e criação de conteúdos promocionais

Esta estratégia de Black Friday marketing não é exatamente uma ação concreta de marketing para ser implementada durante a Black Week. Na verdade, é mais uma dica para te ajudar na hora de organizar, planejar e criar os conteúdos que você quer divulgar antes e durante a Black Friday.

Um calendário de vendas e criação de conteúdos promocionais pode ser uma excelente ferramenta de planejamento para a Black Friday marketing, até porque anunciar na Black Friday Brasil não é um trabalho tão simples assim. A organização é um elemento crucial para o sucesso, e por isso mesmo planejar tudo com cuidado pode ser a sua melhor opção.

black friday, Black Friday marketing: 13 dicas para vender mais em 2020, SmartSeller

Idealmente, o calendário deve começar já em outubro e precisa contemplar até alguns dias depois da Cyber Monday. Além disso, ele deve incluir:

  • Planejamento de novos gráficos e banners: você vai precisar criar um visual específico para os seus posts nas redes sociais e para as campanhas de e-mail – e não vai esquecer de montar um banner para a homepage da loja e os gráficos para as campanhas de vídeo!
  • Postagem nas redes sociais: Instagram, Facebook, Twitter, TikTok app… Não importa a rede social. O que importa é que você tenha uma estratégia de Black Friday marketing que envolva postar conteúdos antes, durante e depois da Black Week. Deixe as publicações já prontas, com imagens, legendas e hashtags, e agende a publicação via apps como o Buffer ou outra ferramenta de automação de marketing.
  • Arte e conteúdos por escrito: o que falamos aqui em cima vale também para os e-mails, artigos de blog e outros anúncios. Deixe tudo preparado, completo com a arte que você quer usar, o esquema de cores e o conteúdo que vai por escrito.
  • Viabilidade das promoções: faça as contas para determinar que tipo de promoções e descontos você pode oferecer sem acabar entrando no vermelho. O importante é tentar simular um cenário no qual você consiga recuperar os gastos e ainda assim ter um lucro extra.

11. Vender na Black Friday Brasil: apps de gerenciamento

Já mencionamos alguns apps e ferramentas que podem te ajudar com a parte operacional da Black Friday, mas vale a pena listar alguns outros:

  • Se você está procurando uma solução parecida com o chatbot Facebook para a sua loja, que tal conferir o Tidio? O app funciona como um chat ao vivo e pode ajudar a converter clientes. Ele está disponível na Shopify App Store, e conta com um plano gratuito.
black friday, Black Friday marketing: 13 dicas para vender mais em 2020, SmartSeller
  • Outro app bem legal é o Product Upsell, da Bold – que pode ser usado o ano inteiro, e não só durante as ações de Black Friday marketing. O legal do Product Upsell é que ele permite oferecer um upsell de produtos sempre que o consumidor adicionar um item ao carrinho de compras.

12. Anunciar na Black Week: contagem regressiva

A gente já falou aqui que a Black Friday Brasil é o momento para criar e expandir o sentimento de antecipação e expectativa dos clientes – e uma maneira simples e bem legal de fazer isso é criar, desde já, um banner na página inicial da loja com uma contagem regressiva.

black friday, Black Friday marketing: 13 dicas para vender mais em 2020, SmartSeller
Página de redirecionamento do Extra.

13. Black Week: cupom promocional, cartão-presente e descontos VIP

A gente escolheu fechar a nossa lista com uma ideia que é praticamente infalível quando falamos em Black Friday marketing: oferecer descontos exclusivos via cupons, cartões-presente e descontos VIP.

A ideia é oferecer esses descontos via e-mail ou mensagens personalizadas, destacando o valor que cada cliente tem para a marca. Uma boa estratégia para conseguir um número significativo de conversões é trabalhar com segmentos diferentes do público-alvo:

  • Os descontos VIP podem ser oferecidos para clientes antigos e/ou que fazem parte do programa de fidelidade da marca;
  • Os cartões-presente podem ser enviados para clientes que realizaram a primeira compra ou então para aqueles que abandonaram o carrinho no checkout;
  • E os cupons promocionais podem ser implementados como um atrativo a mais para visitantes que ainda não se cadastraram no site e/ou não realizaram uma compra.

Black Friday marketing: como anunciar e garantir mais vendas: conclusão

Agora é hora de respirar fundo, arregaçar as mangas e começar a organizar suas estratégias de Black Friday marketing.

Como a gente disse lá no começo, tudo indica que a Black Friday Brasil de 2020 vai ser bem movimentada; por isso mesmo, é crucial que você esteja com tudo em dia para garantir um bom resultado.

A gente fica por aqui, na torcida!

Black Friday marketing: 13 estratégias para vender mais

  1. Descontos na loja toda e/ou descontos por tempo limitado
  2. Guias de presente com ideias de produto
  3. Brindes exclusivos a cada compra
  4. Ofertas com duração prolongada: da Black Week até a Cyber Monday
  5. Lista de e-mails
  6. Novos produtos na loja
  7. Ofertas em primeira mão (“sneak peek”)
  8. Hashtags exclusivas
  9. Anunciar (ainda mais)
  10. Calendário de vendas e criação de conteúdos promocionais
  11. Apps de gerenciamento
  12. Contagem regressiva
  13. Cupom promocional, cartão-presente e descontos VIP

Descubra milhares de produtos para começar a vender online. Sem compromisso nem cartão de crédito. Tenha SmartSeller agora. É de graça.

Quer saber mais?

Autor

smartseller

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.